Category Archives: Adolescentes

História 174 – NÃO DÁ PARA ACEITAR



Quando Silóvia, adolescente grávida, recém-saída de uma união prematura, desejosa de colocar a sua vida em ordem e decidida a voltar à escola, é confrontada com a imposição do ex-marido Shafee, que desgostoso por não poder reaver o dinheiro gasto no casamento, coloca o abandono da escola como condição para ele continuar a sustentar a ela e ao filho, terá que reunir coragem para enfrentá-lo e impor o seu desejo de seguir a sua vida em busca de um futuro risonho.


História 172 – BASTA



Quando Amélia, mãe protectora, que sempre tratou a filha deficiente intelectual como uma eterna criança, flagra o seu vizinho adolescente a relatar orgulhoso para os amigos conquistadores baratos as fantasias e aventuras sexuais que tem vivido com a sua filha, terá que aprender a olhar para a filha
como alguém capaz de se relacionar emocional e sexualmente, não obstante a sua deficiência, e encontrar formas de ensiná-la a se proteger em futuros relacionamentos.


História 171 – A OUTRA FACE DA MOEDA



Quando Graça, rapariga inexperiente no que diz respeito à saúde sexual e reprodutiva, insatisfeita com os conselhos que ouve e decidida a provar por A+B que o sexo pode estar além das doenças e gravidez, como tem sido difundido pelos mais velhos, terá que encontrar argumentos fortes para sustentar o seu posicionamento e levar os mais velhos a encarar a sexualidade de forma mais positiva e sem tabus.


História 170 – NÃO É O FIM



Quando Gito, o recém-tratado está como HIV+, tendo começado o tratamento antirretroviral, empolgado no seu tratamento antirretroviral, momentos felizes com a Zaina contar com apoio da namorada para cumprir com o, conhecimento de que uma das ex-namoradas grávida e testou positivo para o HIV, terá que ser maduro e responsável para separar as estações e prestar a assistência necessária à ex-namorada para que ela tenha uma gravidez e parto.


Mini Drama História 3 – UM DIA



Quando Gilda, filha de Karibo e Twinga, rapariga de 15 anos cheia de sonhos e planos, após regressar à Nguva às pressas por causa do encerramento da escola em que estuda em Maputo, devido à pandemia, se vê confrontada com a mudança brusca de rotina, o isolamento social e a frustração do adiamento dos seus sonhos, terá de adoptar uma atitude positiva sobre a nova realidade e aceitar os conselhos dos pais para superar a crise emocional que enfrenta.


História 168 – A AMARGA DESPEDIDA



Quando os Intxunáveis, animados e felizes pela finalização com êxito do curso no IPOFEH,  desejosos de
regressar às suas zonas de origem, recebem da Sereia Nguva, Deusa e guardiã do futuro dos Nguvas,
um diploma de reconhecimento e gratidão por terem contribuído para o desenvolvimento da sua
comunidade e, estando o povo de Nguva ajoelhado, implorando para que estes não deixem Nguva e o
seu povo, terão que analisar cautelosamente as suas perspetivas individuais para o futuro.


História 165 – A ARMADILHA



Quando a Zaina, seronegativa, tendo tido uma noite escaldante de amor com o Gito, um mulherengo Intxunável, como despedida por ela ter que voltar para Inhambane, sua terra natal, uma vez terminado o curso que frequentavam no IPOFEH, descobre que os preservativos por eles usados tinham sido propositadamente furados pelo namorado que via na gravidez uma forma de perpetuar a relação, terá que se conter para entender os motivos por detrás de tal atitude por parte do amor da sua vida e encontrar ajuda para saber as consequências da exposição a que foi sujeita.


História 159 – ALFORRIA



Quando o APE Jamal, activo e conhecido em Nguva como um agente de saúde, durante as visitas de vacinação de raparigas adolescentes contra o HPV, é informado da existência de uma menina com deficiência auditiva que vive cativa e submissa aos caprichos do seu tio materno e que não permite visitas ou a socialização da rapariga, terá que ser corajoso para confrontar o tio de forma a obrigá-lo a libertar a rapariga do cativeiro e denunciá-lo às autoridades competentes.


História 156 – CASA DA TIA TAMPA ANIMA



Quando a Tampa, mãe zelosa, que quer aproveitar as restrições impostas pela nova pandemia, que obriga os Nguvas a ficarem confinados em suas casas, para se aproximar dos filhos, descobre que os seus vizinhos, impressionados pela forma criativa como ela passa o tempo com seus meninos Xipinho e Zezinho, querem transformar a sua casa em parque de diversões, terá que fazer de tudo para garantir a segurança para si e seus filhos e ajudar os seus vizinhos a descobrirem formas criativas para motivar os seus filhos a ficarem em casa, de forma segura e criativa.


História 155 – BECO SEM SAÍDA



Quando Ritinha, desejosa de pertencer a um grupo sempre unido de meninas amigas, as quais durante muito tempo ouviu rirem-se divertidas e gabarem-se de terem visto um filme curto, mas super nice, com o título “Big Panda” no telefone do professor, ao ser convidada por elas a assistir a mais uma sessão do referido filme e descobre que, na verdade, se trata de um filme impróprio para menores, terá que usar dos seus conhecimentos sobre o que é certo e errado para tomar uma decisão que não fira os seus princípios éticos e morais.